19 de fevereiro de 2015

Corações de mãos dadas




A intimidade do casal é exposta ao dar as mãos em público. É muito mais erótico que um beijo. 
Dar as mãos vai além de entrelaçar dedos, é trocar calor. É sentir a pulsação do outro, que naquele momento intencionalmente, se aproximou de você. Quando amamos, dar as mãos traz para o visível uma disposição mental, uma decisão que existe no invisível. É uma sensação de prazer inegociável, darmos as mãos à aquela pessoa que nos habita por inteiro. Pensamentos intenções, atos e negações. Um casal que não da as mãos, provavelmente não está de mãos dadas no amor. 


Eu, não percebia nada disso, antes das minhas mãos encostarem as mãos dele. Hoje, eu estou contando os dias para voltar a dar as mãos fisicamente. Porque no mais, nossas mãos nunca se soltaram. Nem a 2.000 quilômetros de distância. 


Si Caetano - A Lagarta 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Créditos das Imagens

Todas as imagens ou conteúdos de terceiros que são utilizadas nas postagens deste blog, estão devidamente informadas do crédito ou da fonte de onde elas foram capturadas. Caso o autor queira que a imagem ou conteúdo seja retirado, basta entrar em contato no e-mail contato@diariodeumalagarta.

Direitos Autorais

Todo o conteúdo do Diário de uma Lagarta está protegido sob as leis de direitos autorais brasileiras. Portanto, é expressamente proibido a reprodução de qualquer conteúdo autoral em texto, imagem, áudio ou vídeo sem o consentimento da autora deste espaço. O mesmo equivale para o título do blog ou para qualquer elemento da atual identidade visual e gráfica. Caso haja uma violação de respeito ao direito autoral e intelectual, o autor desta infração sofrerá todas as medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis, tendo como base a legislação brasileira vigente.

Cadastre-se